Adoçantes: qual usar? Quais as diferenças?

Os adoçantes, também conhecidos como edulcorantes tem como função substituir os açúcares, tem sabor doce e poder dulçor.

Mas qual a diferença entre eles? Qual devemos usar? Vamos lá..

Existem dois tipos de adoçantes, os artificiais e os naturais.

Dentre os artificiais:

Adoçantes-naturais-e-artificiais

A sacarina, derivada do petróleo,  apresenta sabor residual amargo em altas concentrações. É estável sob aquecimento e em meio ácido. Tem poder de adoçar 500 vezes maior que o açúcar.

O ciclamato, derivado do petróleo, é estável durante prolongados períodos de aquecimento e tem poder de adoçar 40 vezes maior que o açúcar.

O aspartame, derivado do petróleo, não é estável sob calor, amarga e preparação  e tem poder de adoçar 40 vezes maior que o açúcar.

O acessulfame-K é  um sal de potássio sintético, apresenta estrutura semelhante à da sacarina, por isso normalmente é utilizado em conjunto para que o gosto residual da sacarina não fique aparente. Tem poder de adoçar 200 vezes maior que o açúcar.

A sucralose é obtida pela cloração da sacarose (“açúcar” natural). Seu dulçor é dependente de pH e temperatura, apresentando boa estabilidade. Pode ser utilizado para cocção e dentre os artificiais é a melhor escolha.

Dentre os naturais:

adooo

O Manitol, Xilitol ou Sorbitol são obtidos a partir da redução da glicose e da frutose. Tem poder adoçante maior que o da sacarose e sabor parecido. Contém 4 Kcal/g e, por isso e por não causar caries, são amplamente utilizados na produção de gomas de mascar e balas. Em grande quantidade pode ter efeito laxativo.

Os Steviosídeos são Extraídos da planta Stévia Rebaudiana. Não é calórica, tóxica e nem é metabolizada pelo organismo. Seu uso não é maior devido a sabor residual amargo.

A Frutose é encontrada nas frutas e no mel. Tem valor energético – 4 Kcal/g, mas por seu poder adoçante é cerca de 170 vezes maior que o açúcar. Diabéticos não podem utiliza-lo.

 

Resumidamente, dentre os artificiais prefira a sucralose, dentre os naturais os steviosídeos ou se preferir mais “natural ainda” use mel ou açúcar demerara (sempre em pequenas quantidades!)

Anúncios

2 comentários sobre “Adoçantes: qual usar? Quais as diferenças?

  1. Pedro Mota disse:

    Para quem não é diabético, tenho ideia que os adoçantes é pior que o açúcar, correto?
    Claro que tudo depende também das quantidades, mas prefiro colocar no café ou chá pouco açúcar que adoçante. Estou a fazer bem?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s