Série bebês e crianças: BLW – Baby Led Weaning – introdução alimentar sem papinha – Saiba mais sobre isso

O BLW – Baby Led Weaning – Desmame Guiado pelo Bebê – é um modelo de introdução alimentar que basicamente consiste em oferecer os alimentos em pedaços e permite autonomia de aprendizado do bebe, ele “se serve” (self-feeding) sozinho e pega o que quiser do prato. Além disso, ele deve ocorrer junto com a alimentação familiar e pode ser feito diretamente após os 6 meses de vida.

Com isso eles conquistariam habilidade de mastigação e de levar alimentos com a mão a boca. Afinal, durante toda a amamentação o bebe é quem domina do processo, desde o início de sua vida, por que não tentar que ele se guie sozinho na introdução alimentar também?

É importante dar a ele alimentos apropriados principalmente em tamanho para que não ocorram engasgos. Além disso, o formato é importante, pois eles precisam pegar com as mãos e levar a boca sozinhos (pedaços com haste ou compridos os ajudam a pegar) – todos os alimentos devem ser cozidos – exceto frutas. Não se assuste com este método pode ocorrer o chamado “gag reflex”, que é um reflexo das crianças que não está habituadas a ingerir sólidos – e neste caso a passagem não fica obstruído e sem ar, só atrapalha e eles mesmo consegue se resolver – de qualquer forma atenção e cuidado ao tamanho devem ser redobrados.

De início, não desista! Normalmente a criança mais brinca com os alimentos do que come. E pode esperar por uma baita sujeira, rs! Não o obrigue a comer deixe que ele tenha total controle da situação e inicie sozinho este processo, não se deve apressar o bebê, o desenvolvimento é necessário. Não o deixe distraído com outros brinquedos, tv ou Ipad.

Além disso, com esta técnica eles tem a oportunidade de conhecer ainda mais diferentes texturas, sabores e conhecer o seu paladar, diferenciar o que mais gosta. Além disso, ele desenvolve uma relação prazerosa e lúdica com o que come, e principalmente, aprende sozinho quanto a apetite e saciedade, você deve respeitar isso também.

Para isso, o bebe deve estar sentado e reto, e não os ajudem a comer e 100% do tempo supervisionado.

Procure informações e especialistas antes de iniciar o BLW, entenda os princípios e aplique o método corretamente, desta maneira você com certeza terá sucesso!

Lembrando que o método pode ter algumas contraindicações, especialmente em bebes que nasceram pré-termo (antes de 37 semanas) ou um bebe que tenha alguma condição médica existente.

Série bebês e crianças: introdução alimentar – como fazer?

Abaixo vou explicar uma das formas que você pode começar a mais usualmente utilizada (não vou falar sobre o BLW – Baby Led Weaning – onde o bebê se alimenta sozinho – este fica para um próximo post). Este será um post um pouco mais longo!

Primeiro de tudo é importante mencionar que NÃO se deve bater, peneirar ou processar os alimentos que você dará ao seu bebê. Além disso para todas as etapas você NÃO deve misturar os alimentos (dar papas com várias coisas misturadas) – separe os sabores – você pode colocar tudo em um prato só e dar cada um dos alimentos separadamente ele deve saber o sabor de cada alimento e isso tornará ainda melhor a experiência de descoberta do seu bebe.

A primeira etapa de alimentação consiste em um alimento com a consistência de um purê/papa muito bem amassado – ela deve durar poucos dias 4 a 5 dias – a segunda etapa em seguida você deve dar alimentos um pouco menos amassados e esta etapa dura cerca de 1 a 2 semanas –– em seguida você vem para a etapa principal, a terceira, onde os alimentos podem ser mal amassados (presença de pedacinhos no início e pedacinhos maiores ao final – desfiado também vale), ela deve durar e ir progredindo até seu beber fazer 11 a 12 meses. A partir do primeiro ano você já progrediu bem com a consistência e seu bebe já tem os dentinhos para mastigar os alimentos, nesta etapa a alimentação é semelhante a dos adultos – alimentos sólidos.

É importante nesta etapa que ele sente a mesa com vocês e participe, seu bebe não deve comer em momentos separados e nem assistindo a TV ou Ipad, ele deve fazer parte de toda experiência, deixe ele colocar a mão e tentar levar a boca sozinho também, isso faz parte do processo de descoberta dele(a)!

Quanto ao que dar – inicie com fruta (o ideal é a fruta mesmo e não o suco) – depois inicie com os legumes e hortaliças (chuchu, abobrinha, couve, espinafre, etc) – depois insira cereais (como o arroz), tubérculos (batata, mandioquinha, mandioca, cará, etc) – em seguida você pode começar a inserir as proteínas (como frango e carne de vaca) e leguminosas (como feijão, lentilha, etc – cuidado apenas com os gases que podem dar) e por último insira ovos e tomate. Sempre lembrando do formato de progressão das consistências acima, ok?

Lembre-se de não exagerar dê 3 a 4 elementos em cada refeição (e separadamente como falei acima, ok?)

Além disso, na introdução alimentar você precisa dar água para seu bebê (mas não junto as refeições). Importante: para que você diga que se bebe não gosta de algo você precisa tentar de 8 a 10 vezes!

Não coloque sal e açúcar, nem mel e de resto o obvio: tente não dar doces, refrigerante, churrasco para ele “chupar” nem sucos artificiais – use apenas temperos naturais sem sal.